Pelejaram até cassar a Xuxa. Justiça determina convocação de Alyson Barreto para vaga temporária de vereador em Iguatu

Compartilhe

A 1ª Vara Cível da Comarca de Iguatu concedeu liminar favorável a Alyson Luis Barreto de Lima, determinando que o Presidente da Câmara de Vereadores de Iguatu o convoque e nomeie para assumir a vaga temporária de vereador. Alyson, que se desfiliou do Partido Republicanos e se filiou ao PSD durante a janela partidária, argumentou que possui o direito de assumir a vereança durante a licença do vereador titular, Zilfran Ferreira de Araújo.

A decisão da justiça vem após a negativa do Presidente da Câmara, que alegou que a suplência pertenceria a outro membro do partido Republicanos. No entanto, Alyson defendeu seu direito baseado na sua posição como 1º suplente com 1.046 votos e na regularidade de sua mudança partidária dentro do período legal. A justiça determinou uma multa pessoal de R$ 50.000,00 em caso de descumprimento da decisão.

O grupo político de Alyson, ligado ao prefeito Ednaldo, busca garantir sua posse, enquanto a Câmara de Vereadores tenta segurar a convocação até o início do recesso parlamentar, o que atrasaria a posse de Alyson por cerca de três semanas. Paralelamente, a vereadora Xuxa, que assumiu recentemente com apenas 42 votos, poderá recorrer da decisão judicial para tentar reverter a situação. Ela permanece na Câmara por apenas quatro sessões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *